O humor do Môce Dum Cabréste no Choque Frontal ao Vivo

pub
pub

É um programa de rádio único e muito abrangente. Para começar é feito ao vivo, perante uma plateia de apenas 50 pessoas. Depois, a juntar à música, tem obras de arte, vinho e até doces. E, esta Quarta-feira, 15 de Março, vai também contar com o humor com sotaque algarvio do Môce Dum Cabréste.

Estamos a falar do Choque Frontal ao Vivo, um programa da Rádio Alvor, normalmente gravado na última Quarta-feira de cada mês na Black Box do Teatro Municipal de Portimão (TEMPO). A edição desta semana é especial, feita de propósito para integrar a programação do Março Jovem.

A imagem visual do programa fica por conta de JoÃo SeNa que, de dois em dois meses, apresenta novas telas pintadas exclusivamente para o Choque Frontal ao Vivo, as quais são exibidas por trás dos artistas e às quais os 50 convidados são convidados a dar o nome. Essas telas e respectivos nomes serão exibidos numa exposição no final do ano.

Os espectáculos, apresentados por Ricardo Coelho e Júlio Ferreira, são gravChoqueFrontalaoVivoados e transmitidos na Rádio Alvor no Sábado seguinte. Mas também ficam gravadas versões em vídeo, registadas por uma equipa da Gázólfilmes.

Artistas e público podem, no final de cada programa, ficar à conversa, enquanto provam vinhos regionais, acompanhados por doces.

Pelo Choque Frontal ao Vivo já passaram Nanook, Sam Alone e The Gravediggers. Este mês, para além da sessão protagonizada pelo Môce dum Cabréste (dia 15), ainda haverá uma outra, no dia 29, que vai levar o músico Vítor Bacalhau à Black Box do TEMPO.

 Leia também:

Humor com sotaque algarvio

Autarquias algarvias que estão a contratar

PSP de radar em punho

Subscreva a nossa Newsletter 

(Visited 181 times, 1 visits today)
pub
pub

pub

pub

pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.