Deputados do PCP inquirem o Governo sobre a medicação para doentes com Sida nos hospitais algarvios

O Grupo Parlamentar do PCP questionou o Ministro da Saúde sobre o encurtamento do período de dispensa de medicamentos a doentes com VIH/SIDA no Centro Hospitalar do Algarve.

Num documento assinado pelos deputados Paulo Sá e Carla Cruz, refere-se que, de acordo com notícias vindas a público, “a associação de doentes Grupo de Activistas em Tratamento (GAT) denunciou que há doentes com VIH/SIDA nos hospitais de Faro e de Portimão a receber medicação apenas para cinco dias, apesar de a lei determinar um período de três meses”, situação que terá tido “consequências graves para os tratamentos em curso” de alguns pacientes.

Em face disso, os dois deputados comunistas questionam o Ministro da Saúde sobre “as circunstâncias que ditaram este encurtamento do período de dispensa e sobre as medidas tomadas no sentido de repor a normalidade na dispensa dos medicamentos.”

Leia também:

Tribunal de Lagos “parece ter parado no tempo”

(Visited 72 times, 1 visits today)
pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.