Condenado a 6 anos de prisão por exploração sexual

pub

Um cidadão estrangeiro que havia sido detido pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF)  foi condenado a um cúmulo jurídico de seis anos de prisão por exploração sexual e lenocínio de mulheres estrangeiras.

De acordo com informação do SEF, o homem tinha sido detido juntamente com 15 outros, no âmbito de uma operação levada a cabo em 2010 e 2011. Na altura, ficou com a obrigatoriedade de apresentações periódicas, fugiu de Portugal e, por essa razão, acabou por não ser julgado juntamente com os restantes arguidos.

Acabou por ser agora julgado e condenado a 3 anos e oito meses, 3 anos e 2 anos de prisão, por três crimes de lenocínio referentes a três mulheres estrangeiras, num total de oito anos e oito meses de prisão. Foi condenado em cúmulo jurídico a uma pena única de seis anos de prisão.

O homem explorava diversas mulheres da mesma nacionalidade, que se prostituíam na via pública no Algarve, controlando as vítimas através de ameaças e da sonegação dos seus documentos, obrigando-as a entregar os rendimentos obtidos.

 Leia também:

Quatro detidos no Aeroporto de Faro

Detido pela PSP por assaltos

(Visited 159 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.