Bloco acusa António Costa de, no caso das portagens, estar a portar-se como Passos Coelho

pub

O Bloco de Esquerda vai levar a cabo, esta Segunda-feira, 22 de Maio, a partir das 18H30, um protesto pelo fim das portagens na Via do Infante. A iniciativa vai ter lugar na Estrada Nacional (EN) 125, na zona da Mexilhoeira Grande.

Este partido político justifica a acção por esta ser a “estrada mais mortífera do país”, muito devido ao facto da generalidade dos automobilistas evitar a Via do Infante, devido às portagens, fazendo aumentar, consideravelmente, o fluxo de trânsito na EN 125.

Como consequência, vive-se um autêntico “estado de guerra não declarado” na região do qual resultaram, desde 1 de Janeiro a 15 de Maio, um total de 15 mortes e 64 feridos graves nas estradas, resultantes de 3.245 acidentes.

Números que se juntam aos 10.241 acidentes ocorridos ao longo de todo o ano de 2016, que deram origem a 31 mortes e 158 feridos graves.

O Bloco de Esquerda lembra que “António Costa prometeu acabar com as portagens no Algarve e ainda nada fez”, o que significa que, neste tema, “está a portar-se como Passos Coelho”.

 

Leia também:

Três banhistas em risco de afogamento

PSP de radar em punho (Maio)

Situação da EN 125 e da Via do Infante “é uma vergonha”

(Visited 90 times, 1 visits today)
pub
pub

pub

pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.