Autoridades vão investigar mulher que terá fingido ter cancro

pub
pub

O Ministério Público (MP) decidiu abrir um inquérito para investigar as alegações de que uma mulher, residente no Algarve, terá, ao longo de vários anos, “angariado diversas quantias monetárias com a falsa alegação de ter uma doença oncológica e de precisar de dinheiro para os tratamentos.”

O inquérito, dirigido pelo MP do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Faro (secção de Albufeira), destina-se a apurar a eventual existência de crime de burla qualificada, bem como a identidade e responsabilidade dos seus autores.

Este tem sido um caso noticiado por vários órgãos de comunicação social, em especial, o Correio da Manhã, que revela que uma mulher de 32, residente em Albufeira fingiu, ao longo de dois anos, ter cancro e conseguiu, através de campanhas de solidariedade, receber dezenas de milhares de euros.

  Leia também:

Árvore cai sobre carro estacionado

Ofertas de emprego da semana

Condicionamentos de trânsito em Portimão

(Visited 79 times, 1 visits today)
pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.