Albufeira de luto por Carlos Silva e Sousa

A Câmara de Albufeira decretou três dias de luto em memória do seu presidente Carlos Silva e Sousa, que faleceu esta noite, vítima de um ataque cardíaco.

Em comunicado, a autarquia lamenta a morte do autarca, de 60 anos de idade, e diz que se perdeu “um Homem Grande, íntegro e dialogante, alegre e generoso e, principalmente, sempre disponível para todos”.

O seu corpo estará em câmara ardente na Igreja de Sant’Ana, em Albufeira, a partir das 17h30 de hoje, Sexta-feira, 23 de Fevereiro. Amanhã, o cortejo fúnebre sairá às 14 horas da referida Igreja em direcção à Igreja Matriz de Albufeira, onde às 14h30 terá início a missa fúnebre. De seguida haverá um cortejo pela Avenida dos Descobrimentos em direcção à Câmara Municipal de Albufeira. Daí voltará à Avenida dos Descobrimentos, passando pela Rotunda das Minhocas em direcção ao Hospital Privado Lusíadas (antiga pista de aviação). Passará, ainda, junto ao RCI e terminará no Cemitério de Vale Pedras, onde o corpo será sepultado.

O presidente da República colocou no site oficial da Presidência uma nota na qual diz ter sido “com grande pesar que tomei conhecimento do falecimento do Presidente da Câmara Municipal de Albufeira, Carlos Eduardo da Silva e Sousa, e apresento as mais profundas e sentidas condolências à Família enlutada”. Marcelo Rebelo de Sousa faz ainda questão de escrever que “nesta hora de consternação, enalteço o serviço público prestado ao longo da sua vida e associo-me ao luto do Município de Albufeira”.

Também o PSD/Algarve já veio manifestar “o enorme sentimento de perda que a partida de Carlos Silva e Sousa nos deixa”, referindo, ainda, que “o tempo irá certamente fazer-lhe a merecida justiça e recordá-lo como um dos mais importantes autarcas algarvios da sua geração”.

O presidente da Câmara de Monchique, Rui André, diz ter ficado ” incrédulo pela perda de um homem bom, um autarca sério, corajoso e frontal e de uma enorme dimensão humana a que juntava, de forma muito particular, o sentido de dever público e da importância que tinha o desempenho das suas funções que cumpria de forma superior”.

Carlos Silva e Sousa era advogado de profissão e exercia as funções de presidente da Câmara desde 2013, tendo exercido também funções como vereador e membro da Assembleia Municipal de Albufeira, e de deputado da Assembleia da República na XII Legislatura.

 

Leia também:

Corpo sem vida resgatado de poço

Seis detidos por tráfico de droga

Feira de emprego no Algarve

(Visited 385 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.