Governo instala Centro de Competências na Luta Contra a Desertificação no Algarve

O Governo, o Município de Alcoutim e mais 35 instituições, entre universidades, municípios, empresas, organismos públicos e associações de produtores e de desenvolvimento local, assinaram no dia 19 de julho, o protocolo de criação do Centro de Competências na Luta Contra a Desertificação, que pretende estudar, procurar soluções e “contribuir para o sucesso” do programa nacional de combate a fenómenos de desertificação.

O Centro de Competências na Luta contra a Desertificação (CCDesert) terá a sua sede em Alcoutim e “será um fórum de partilha e articulação de conhecimentos, que congrega agentes de investigação, formação, capacitação, divulgação e transferência de conhecimento, com agentes económicos e organismos da administração pública relevantes, potenciando a sua cooperação, a nível nacional e internacional, assumindo competências de âmbito nacional”.

De acordo com s promotores, por esta via, pretende-se “o desenvolvimento e sustentabilidade do combate à desertificação pela via do reforço da investigação, da formação, da capacitação, da promoção da inovação e da transferência e divulgação do conhecimento”.

O CCDesert terá como órgãos de gestão uma direção, uma assembleia geral e um conselho consultivo, os recursos financeiros, humanos e materiais necessários para o seu funcionamento serão afetos pelos membros e pelo município de Alcoutim, que enquanto anfitrião, assegurará o apoio logístico e administrativo.

A atividade do CCDesert começará com a realização da primeira reunião da assembleia geral para eleger a mesa e a direção, que será convocada pelo presidente da Câmara de Alcoutim num prazo de um mês após a homologação do protocolo.

O presidente da Câmara Municipal de Alcoutim, Osvaldo Gonçalves, congratula-se pelo facto do Centro de Competências na Luta Contra a Desertificação, ficar sediado em Alcoutim, “o que é, simultaneamente, reflexo de um sentimento de confiança e responsabilidade”. Trata-se de uma parceria de âmbito nacional, que foi capaz de reunir em torno de um objetivo comum, “desenvolver de forma eficaz medidas e planos de ação que combatam a desertificação e o despovoamento”, diz o autarca.

Leia também:

GNR detém mulher e apreende mais de 800 doses de heroína e cocaína

PSP de radar em punho (julho)

Ofertas de emprego para o Algarve (20 de julho)

(Visited 189 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.