Polícia Marítima apreende redes proibidas

A Polícia Marítima de Olhão procedeu, na segunda-feira, no âmbito da fiscalização da atividade da pesca na Ria Formosa e no seguimento de investigações que tem levado a cabo, à apreensão de três artes de pesca, das quais duas redes de emalhar e uma arte de arrasto.

A Autoridade Marítima informa, em comunicado, que as artes em causa são consideradas proibidas, “por possuírem malhagem muito miúda, de 16 milímetros, sendo utlizadas na zona lagunar da Ria Formosa, aproveitando os movimentos das marés, nos esteiros e regatos, método igualmente proibido”.

Devido a essas circunstâncias, as artes capturam espécies muito juvenis, “constituindo uma preocupação para a Polícia Marítima em detetar e reprimir estas práticas ilícitas”.

A utilização deste tipo de equipamentos de pesca é punida com multas que vão dos 598,56€ aos 37 409,84€.

Leia também:

Petições de cidadãos chumbadas pela Assembleia Municipal de Portimão

O futuro do edifício do Hotel Golfinho

Um morto e 9 feridos em acidente na EN 125

(Visited 138 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.