Democracia e gestão pública debatidos em Lagoa

pub

O Convento de S. José e o Complexo Desportivo de Estômbar, no concelho de Lagoa, recebem, no próximo dia 20 de novembro o IV Fórum Regional – Rede de Autarquias Participativas.

A iniciativa visa promover a democracia participativa a nível local, assegurando o envolvimento dos eleitos, técnicos, cidadãos e cidadãs, divulgar a governação participada e facilitar a troca de experiências e o envolvimento na gestão pública das autarquias.

Promovida pelo Município de Lagoa, em parceria com a Rede de Autarquias Participativas (RAP) e dirigida aos membros da Rede, decisores políticos, técnicos autárquicos, Organizações Não Governamentais (ONG), associações e público em geral, insere-se no ciclo anual de formações regionais da RAP, constituirá mais um momento de reflexão e partilha acerca de temas relacionados com a democracia participativa e a participação cidadã.

O município de Lagoa fará uma apresentação das quatro propostas mais votadas no OP de 2018, sendo entregues aos proponentes as respetivas cartas nas quais o Presidente do Município, Francisco Martins, assume o compromisso pela execução dos projetos vencedores para 2019, uma nova prática que visa consolidar o princípio da monitorização e avaliação dos resultados.

A Smart App do OP de Lagoa, na qual os cidadãos poderão consultar as obras dos diferentes Orçamentos Participativos com a respetiva georeferenciação e estado de execução, será também apresentada na ocasião. Haverá ainda lugar para uma visita a uma das mais emblemáticas obras concluídas no processo do OP de Lagoa (2014/2015): a parede de escalada do Complexo Desportivo de Estômbar.

Ainda no âmbito da iniciativa será apresentado o livro “Hope for Democracy – 30 Years of Participatory Budgeting Worldwide; Esperança Democrática – 30 anos de Orçamentos Participativos no mundo”, pelo seu coordenador, Nelson Dias. Trata-se de uma “missiva”, na qual participam mais de 60 autores oriundos de todos os continentes, entre os quais Ivan Shulga (Banco Mundial); Yves Cabannes (University College of London) e Giovanni Allegretti (Autoridade para a Participação Pública da Região Toscana), na tentativa de oferecer uma visão abrangente sobre 30 anos de orçamentos participativos no mundo.

A programa do IV Fórum Regional contará, também, com as intervenções do Presidente da Rede de Autarquias Participativas, José Manuel Ribeiro; do Presidente e Vice-Presidentes da Câmara Municipal de Lagoa, Francisco Martins e Luís Encarnação, respetivamente; e de representantes do Município de Cascais (Isabel Chavier, Chefe da Divisão de Cidadania e Participação), e de Odemira (Vereadora Telma Guerreiro), para abordar as Experiências Locais de Orçamentos Participativos. Será ainda feita uma abordagem à Confederação Nacional de Municípios (CNM) e ao prémio MuniCiência.

Leia também:

15 ofertas de emprego para a Câmara de Albufeira

Mais portugueses nos hotéis algarvios

Adega «Única» ganha nova vida

(Visited 69 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub