Profissionais de serviços essenciais de Portimão já têm onde deixar os seus filhos e idosos

pub

Os estabelecimentos escolares de acolhimento de Portimão que passam a poder receber os filhos dos trabalhadores de serviços essenciais são a Escola sede do Agrupamento de Escolas Júdice Fialho e o Centro Escolar do Pontal.

Em cada uma delas há, nesta fase, 3 salas destinadas a receber crianças entre 1 e 11 anos de idade que sejam filhas ou dependentes a cargo dos profissionais de saúde, das forças e serviços de segurança e de socorro, incluindo os bombeiros voluntários e forças armadas, bem como dos serviços públicos essenciais, prestando-lhes apoio social e alimentar.

A lotação das salas não deverá exceder as 10 crianças por cada uma. Uma sala a crianças de 1 aos 2 anos, outra a crianças com idades entre os 3 aos 5 e outra acolhe as que tenham idades entre os 6 aos 11 anos de idade.

O horário de funcionamento será de segunda a sexta, das 8h00 às 20h00, de acordo com as necessidades dos pais. Serão servidos lanches e almoço.

As inscrições devem ser feitas aqui. Mais informações devem ser obtidos através deste número de telefone: 282 430 210 (Agrupamento de Escolas Júdice Fialho).

Para os profissionais de serviços essenciais que tenham dependentes com mais de 66 anos estão disponíveis o Centro de Convívio da Aldeia das Sobreiras e o Centro de Convívio do Bairro Pontal.

Cada um dos centros terá a capacidade de 10 utentes, sendo o horário de funcionamento de segunda a sexta das 8h as 20h.

Para se efetuar as inscrições deverá ser preenchida esta ficha. Informações complementares podem ser obtidas através do número de telefone do Centro de Convívio da Aldeia das Sobreiras: 282 470 884.

LEIA TAMBÉM:

A estratégia da Câmara de Portimão para derrotar o Covid-19

Cinco casos de Covid-19 em Portimão

Câmara de Portimão acaba com eventos em recintos fechados

(Visited 1.159 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub