Homem morre a tentar apagar incêndio no seu restaurante (atualização)

pub
pub

Um homem perdeu a vida, ontem à noite, ao tentar apagar um incêndio que tinha deflagrado no interior do estabelecimento Cantinho da Alice, situado na praia dos Três Castelos, no concelho de Portimão.

Trata-se de Carlos Santana, de 54 anos de idade, um empresário muito conhecido na cidade, dono daquele e de um outro restaurante situado quase ao lado, o Branquinho.

O alerta foi dado pelas 20h19 e, diz o comandante dos Bombeiros Voluntários de Portimão, Richard Marques, “oito minutos depois já estávamos no local, tendo o incêndio – que ficou confinado à cozinha – sido extinto em nove minutos”.

Quando chegaram ao local, os bombeiros “encontraram um homem no areal, já inconsciente e em paragem cardiorespiratória”. Enquanto uns atacavam as chamas, outros iniciaram manobras de reanimação, que foram depois continuadas pela equipa da VMER, mas, “infelizmente, não foi possível reverter a situação”.

Segundo informações que obtiveram junto de alguns populares que aí se encontravam, o homem terá ido ao interior do estabelecimento quando as chamas deflagraram, com o objetivo de as tentar apagar.

Ao sair já vinha a cambalear, acabou por cair e terá sido levado por eles para uma zona de areal um pouco mais afastada do restaurante.

As causas da morte só deverão ser apuradas após a realização da autópsia. A Polícia Judiciária tomou conta da ocorrência.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: Mais 13 casos no Algarve

Operações de fiscalização com radar

Câmara de Lagoa investe em veículos elétricos

(Visited 3.236 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub
pub