Lagos vai alterar o seu Plano Diretor Municipal

A Câmara de Lagos deliberou, na sua última reunião do seu executivo, aprovar os termos de referência do procedimento concursal a desencadear para a elaboração da alteração do Plano Diretor Municipal de Lagos (PDM de Lagos).

A autarquia adianta, em comunicado, que esta decisão foi precedida de um período de participação pública preventiva, decorrido entre 29 de julho e 18 de agosto, e da ponderação das participações registadas.

Em causa está a obrigatoriedade de adequar, até 31 de dezembro de 2022, o PDM à legislação vigente, incluindo as novas regras de classificação e qualificação do solo definidas na Lei de Bases Gerais da Política Pública de Solos, de Ordenamento do Território e de Urbanismo e no Regulamento Jurídico dos Instrumentos de Gestão Territorial (RJIGT).

Os diplomas acima referidos vieram instituir os critérios da mencionada classificação, mas também reclassificação do solo, assim como os critérios de qualificação e as categorias de solo rústico e do solo urbano em função do uso dominante, determinando o fim das categorias de solo urbanizável e solo programável, passando a existir apenas as categorias de solo urbano e solo rústico. 

Esta alteração não mudará a estratégia de ordenamento do território contida no PDM de Lagos, o qual está em vigor desde 1 de setembro de 2015.

LEIA TAMBÉM:

Dois idosos feridos em atropelamento

Saiba quem passa a mandar no quê na Câmara de Portimão

Duas ofertas de emprego para agrupamento de escolas

(Visited 151 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev