Armas apreendidas em investigação por violência doméstica

Militares da Guarda Nacional Republicana (GNR) constituíram arguido um homem de 53 anos e apreenderam diversas armas proibidas, no âmbito de um processo de violência doméstica, em Quarteira.

Em comunicado, a GNR adianta que “no âmbito de uma investigação de violência doméstica, os militares apuraram que o suspeito agredia e ameaçava a vítima, sua ex-companheira de 53 anos, com quem manteve um relacionamento durante 30 anos”.

No seguimento da investigação, foi dado cumprimento a três mandados de busca, uma domiciliária, uma em oficina e uma em terreno, que culminaram na apreensão do seguinte material: Três tacos de basebol, tendo um deles parafusos cravados; Um arco e oito setas; Uma faca de mato e uma faca ponta e mola; Uma pistola de ar comprimido de calibre 5.5; Duas caixas de chumbos calibre 5.5; Uma espingarda de ar comprimido de calibre 5.5 e uma besta.

O suspeito foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Loulé.

LEIA TAMBÉM:

Terreno situado junto ao Mercado de Portimão deixou de ter barracas

Mulher morre na praia

Ofertas de emprego no Algarve

(Visited 53 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub