Obras de arte no fundo do mar junto a praia

A partir de 23 deste mês e até 12 de setembro estará em consulta pública (aqui), por parte da Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, o pedido da Câmara de Albufeira para a criação de um local expositivo submerso a cerca de dois quilómetros da praia de Santa Eulália.

Está em causa uma exposição de 13 esculturas do conhecido artista Vhils (oito em ferro e cinco em betão). Vhils transformou em arte estruturas provenientes da desativação de três centrais termo-elétricas.

Designada de EDP Art Reef, a exposição subaquática foi pensada “com o intuito de gerar um novo recife artificial”, unindo “a componente artística à biológica”, segundo consta da memória descritiva do projeto. O local será povoado com “corais recuperados de capturas acidentais em redes de pesca de fundo ou arrancados por tempestades”.

“É um projeto que colocará Portugal e o Algarve num dos principais destinos de mergulho recreativo cultural, pioneiro e único na sua forma de aliar o trabalho artístico e o reaproveitamento sustentável de materiais, com a recuperação e ampliação de habitats e manutenção do ecossistema”, garante o promotor da iniciativa.



OS NOSSOS VÍDEOS



OS NOSSOS VÍDEOS



OS NOSSOS VÍDEOS


LEIA TAMBÉM:

Três praias de Portimão vão crescer entre 20 a 40 metros

Os eventos que pode ver ao longo da semana (15 a 21 de agosto)

Toda a programação do Festival F

(Visited 337 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub