PJ de Portimão detém suspeito de se fazer passar por polícia para violar

pub

A Polícia Judiciária de Portimão informa ter identificado e detido um homem pela presumível autoria dos crimes de violação, detenção de arma proibida, usurpação de funções, abuso de designação, sinal ou uniforme e dano, ocorridos no dia 24 de junho.

Segundo informa em comunicado aquela força de investigação criminal, “os factos tiveram lugar na cidade de Portimão, num apartamento onde a vítima se encontrava. O suspeito, valendo-se da falsa qualidade de agente de autoridade, exibindo para o efeito um crachá e impressos de um Órgão de Polícia Criminal e munido de uma réplica de arma de fogo, criando a convicção que era real, e outra com dispositivo de emissão de choques elétricos, para além de algemas, obrigou a vítima à prática de atos sexuais contra a sua vontade, sem que esta pudesse reagir temendo pela sua vida”.

No decurso da investigação, “foram obtidos relevantes elementos probatórios, mormente apreensões dos objetos já referidos, que culminaram na sua detenção”, adianta a PJ.

A investigação prossegue com vista à identificação de outras potenciais vítimas.

O detido, de 48 anos de idade, irá ser presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal da Comarca de Portimão para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

……………….

VÍDEO EM DESTAQUE
Um ‘segredo’ portimonense

LEIA TAMBÉM:

O recanto ‘secreto’ de Portimão (com VÍDEO)

Os eventos que vão animar o Algarve em novembro

Ofertas de emprego no Algarve

(Visited 597 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub