ASAE fecha matadouro clandestino no Algarve e detém três pessoas

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) levou a cabo diversas ações de fiscalização direcionadas ao abate clandestino de animais, nos concelhos de Silves, Portimão e Batalha.

A ASAE informa, em comunicado, que em resultado das ações “foram desmantelados dois locais onde se procedia de forma ilícita e sem condições técnico-funcionais e de higiene, ao abate de animais (Silves e Batalha), locais esses não licenciados para o efeito e onde se realizava ainda o assamento dos animais e parte da respetiva comercialização (uma vez que alguns eram destinados ao consumo em estabelecimentos de restauração nesta época festiva), sem que os mesmos fossem sujeitos a qualquer inspeção sanitária para despiste de eventuais doenças”.

Foram instaurados três processos-crime pela prática do crime contra a saúde pública de abate clandestino, tendo sido apreendidos 47 leitões, um cabrito e um borrego, por “não ser possível garantir a sua rastreabilidade nem as condições mínimas para serem consumidos”, bem como diversos utensílios metálicos e embalagens utilizadas para acondicionamento e transporte dos leitões assados, dissimulando a sua origem e induzindo o consumidor em erro.

O valor total da apreensão encontra-se estimado em cerca de 4.350 euros.

Em sequência foram ainda identificados e detidos três pessoas bem como determinada a suspensão total das atividades não licenciadas e sem condições mínimas exigíveis para o seu funcionamento.

Leia também: Despiste aparatoso em Portimão (com VÍDEO)

……………….
VÍDEO EM DESTAQUE

Despiste aparatoso em Portimão

Assista aqui a todos os nossos vídeos

LEIA TAMBÉM:

Mais 2.791 camas turísticas em Portimão

Proibidos mais barcos para observação de cetáceos no mar algarvio

Oferta de emprego para a Região de Turismo

(Visited 118 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev