Pescar sargos pode dar multa de 37 mil euros

pub

O Comando-local da Polícia Marítima (PM) de Lagos realizou, esta Terça-feira, dia 7 de Fevereiro, uma operação de fiscalização da orla costeira, no interior do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, dirigida à actividade de pesca do sargo, que se encontra no seu período de defeso.

De acordo com informação da Polícia Marítima, “foram fiscalizados seis pescadores, todos em situação legal.”

No entanto, no decorrer da operação, foram localizados e apreendidos cerca de 7 kg de sargos. Os operacionais da PM não conseguiram proceder à identificação do seu proprietário, o que o livrou de males maiores.

É que a captura do sargo, na modalidade de pesca à linha apeada, está interdita no período de 1 de Fevereiro a 15 de Março, no interior do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, pelo que os pescadores lúdicos que não respeitem este defeso incorrem em multas que vão dos 200 aos 2.000 euros. Para a pesca profissional as coimas são ainda mais pesadas, variando entre os 598,56 e os 37.409,84 euros, alerta a Polícia Marítima.

Leia também:

Dois suspeitos de assaltos vão para a prisão

(Visited 6.851 times, 1 visits today)
pub

pub
pub

pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.