Avenida do Atlântico foi inaugurada

pub
pub

Foi inaugurada, esta Quarta-feira, 8 de Fevereiro, a Avenida do Atlântico, entrada principal na cidade de Quarteira.

Num investimento superior a 800 mil euros, a Avenida do Atlântico nasce da requalificação na principal entrada de acesso aos núcleos urbanos de Quarteira e Vilamoura. Os trabalhos realizados levaram à criação de uma avenida urbana, infraestruturada, arborizada, ajardinada, iluminada, com um separador central verde, e que pretendeu valorizar o enquadramento paisagístico do local.

A criação de duas faixas automóveis no sentido Loulé-Quarteira, de uma faixa ciclável e de passeios largos, bem como a plantação de mais de uma centena de novas árvores foram alguns dos pontos principais desta intervenção.

Apesar de parte da requalificação deste troço da EN396 não estar ainda concluída, uma vez que o mesmo está sob a tutela das Infraestruturas de Portugal, foi apresentado nesse momento o estudo prévio elaborado pela Autarquia para a extensão da Avenida do Atlântico. “Esta estrada não é património municipal e é essa a razão pela qual a Avenida não tem uma extensão maior. Temos os meios e a vontade para o fazer”, considerou Vítor Aleixo, lançando o repto ao Secretário de Estado Guilherme d’Oliveira Martins, ali presente, para que aquele troço de estrada seja desclassificado e passe para a esfera municipal.

O governante disse que está a ser feito um trabalho, em conjunto com as Estradas de Portugal e a autarquia, tendo em vista a desclassificação deste troço. Essa situação poderá estar resolvida quando as obras na EN125 estiverem concluídas já que esta é uma das suas variantes.

Autarquia de Loulé vai investir 21 milhões de euros em Quarteira

Vítor Aleixo sublinhou a mudança da imagem da cidade de Quarteira, ao longo dos últimos anos. Uma cidade que, nos anos 80 e 90, era tida como o exemplo para tudo o que era negativo no país mas que hoje “está totalmente renovada, é uma cidade ordenada, com qualidade e com uma população que se orgulha dela”.

O autarca revelou que, entre 2014 e 2016, o município investiu na cidade cerca de 12 milhões de euros, em obras como a da Avenida Papa Francisco, Passeio das Dunas (1ª fase) ou a nova Avenida da Fonte Santa. E acrescentou que, neste momento, estão já em curso projectos para os próximos 3 anos em obras que irão iniciar-se em breve, num investimento global de 21 milhões de euros.

A arrancar dentro de pouco tempo destaca-se a construção de um Quartel da GNR ou, na área educativa, a construção da nova Escola EB2,3 D. Dinis, em fase de concurso público, um investimento superior a 4 milhões de euros.

O presidente da autarquia louletana anunciou ainda a o projecto para um centro cultural e a construção de um novo pavilhão gimnodesportivo em Quarteira.

 Leia também:

Veja onde vai estar a PSP com o radar

Subscreva a nossa Newsletter 

(Visited 119 times, 1 visits today)
pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

pub

pub

pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.