Choque Frontal ao Vivo no ISMAT

Choque_Frontal_Julio_RicardoM(Texto: Júlio Ferreira / Fotos: Vera Lisa Photography)

Quem diria. A sério!

Caso alguém me dissesse que, numa qualquer Quinta-feira de Junho à noite, se iria poder assistir a um CHOQUE FRONTAL AO VIVO no ISMAT, muito me haveria de custar a acreditar.

Não juro, mas creio que a muitos dos que assistiram e aos outros, que agora me lêem sucederia o mesmo, em descrença.

Mas não. A realidade das coisas encarregou-se de matar o cepticismo. Devido ao formato deste programa de Rádio gravado ao vivo, aconteceu o que antes parecia distante ou quase impossível para mim e para o Ricardo.

No pátio do ISMAT, espaço icónico desta universidade privada de Portimão, ouviram-se os acordes de uma banda algarvia “oLudo” em boa hora trazida. Quem tinha de propor, propôs, quem tinha de aceitar, aceitou, e a aposta foi ganha. Foi mais uma de outras que se têm vindo a fazer e a ganhar nesta aventura que é o Choque Frontal ao Vivo.

Nesta iniciativa integrada na “Queima das Fitas”, os “oLudo” apareceram tímidos e com o seu segundo álbum, editado em Março de 2017 “Abraço” na mala. Disco que conta com 9 músicas, cheias de sentimento. Dizem eles que tocaram pela primeira vez num registo acústico, mas não parecia e deixem-me que vos diga meus caros, fica-vos tão bem!

Tendo como influência, para o nome de “oLudo,” um espaço integrado na reserva natural da Ria Formosa, esta banda nasceu em 2005 e para quem gosta de colocar rótulos às coisas posso dizer que é uma banda de pop elegante e um rock indie.

Este colectivo algarvio é formado por Davide Anjos, João Baptista, Nuno Campos, Paulo Ferreirim e Luis Leal e foi uma agradável surpresa para mim que sinceramente não os conhecia tão bem como o Ricardo. A única referência que eu tinha era uma entrevista em 2011 num programa televisivo e uma Carolina Torres vestida de enfermeira. Não sei porquê mas a presença dos “oLudo” e as suas músicas passaram para segundo plano. Se puderem vejam na “net” este vídeo e nunca mais vão esquecer, acreditem!

A semente dos “oLudo” ficou, germinou e vai marcar este projeto de Rádio gravado ao vivo. A sua presença no Choque Frontal ao Vivo deixou um registo de excelência a toda a prova. Um espetáculo ao nível do melhor neste cantinho à beira mar plantado, como outros que passaram um pouco despercebidos mas que foram realidade no Choque Frontal ao Vivo, ao dispor de quem esteve no público.

Sem corantes nem conservantes, sem aparatos, na passada Quinta-feira à noite no ISMAT, as canções dos “oLudo”falaram por si.

A música deve ser, também, uma certa forma de felicidade.

E nessa noite, foi!

Júlio Ferreira

Choque_Frontal_ISMAT2

Choque_Frontal_ISMAT3

Leia também:

Daniel Kemish no Choque Frontal ao Vivo

Jorge Serafim e Brasa Doirada no Choque Frontal ao Vivo

O humor do Môce Dum Cabréste no Choque Frontal ao Vivo

(Visited 349 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

pub

pub

pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.