Chegou a época alta da caça ao voto

Em Portimão, a cerca de dois meses das eleições autárquicas, já quase todas as forças políticas apresentaram os seus candidatos e tentam, agora, convencer o eleitorado a dar-lhes o seu voto.

A avaliar pela evolução da abstenção nos últimos tempos, não vão ter tarefa fácil, uma vez que a percentagem tem sido extremamente elevada.

Em 2013, o número de eleitores que exerceram o seu direito de voto no concelho foi de apenas 19.702 quando estavam inscritos 46.478. Contas bem feitas, isso significa que votaram 42,39%, uma percentagem inferior à da região algarvia, que foi de 47,57% e da nacional (52,6%).

Esta foi a primeira vez, pelo menos desde 2001, que a percentagem de votantes em autárquicas, no concelho de Portimão, foi inferior a 50%. Em 2009 tinha sido de 54,16%; em 2005 de 51,06 e em 2001 de 52,14%. Em todos estes casos, contudo, a percentagem de votantes foi inferior à média regional e nacional.

Dos que se deram ao trabalho de, nas últimas autárquicas, se dirigir às mesas de votos, houve 1.958 que votaram em branco ou nulo. Isso significa que só 17.744 pessoas – ou seja, apenas 38% do universo eleitoral – é que acabaram por confiar o seu voto a uma das 5 candidaturas que se apresentaram.

Leia também:

Cuca Roseta actua em Loulé

Ana Moura, Ala dos Namorados e Dengaz na Feira Arte Doce

Matias Damásio, Resistência, Miguel Araújo e HMB actuam em Loulé

(Visited 195 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.