Intervenção na Muralha de Lagos

O Município de Lagos vai avançar com a realização de trabalhos de recuperação do troço nascente da Cerca Medieval da Muralha de Lagos, que inclui o Torreão da Ribeira, as duas Torres Albarrãs da Porta de São Gonçalo, o pano situado entre o primeiro Torreão e o Castelo dos Governadores, a fachada sul do Castelo dos Governadores e o seu Revelim.

O procedimento concursal para a escolha da empresa que levará a a cabo a intervenção foi publicado esta sexta-feira, 13 de julho, em Diário da República.

O valor máximo que a autarquia pretende investir na obra é de 140.000 euros. As empresas interessadas dispõem, a partir dessa data, de um prazo de 48 para apresentarem as suas propostas.

Uma vez adjudicada, a obra deverá ficar concluída em 120 dias.

 

Leia também:

Ofertas de emprego da semana

Militares da GNR feridos e turistas britânicos detidos

PSP de radar em punho (julho)

(Visited 366 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.