“Infraestruturas de Portugal” impede a Câmara de Lagoa de limpar e embelezar rotundas

Saiu hoje mais uma edição do jornal quinzenal Lagoa Informa.

Um dos seus temas fortes destes é a notícia de que a empresa Infraestruturas de Portugal (IP) terá impedido a Câmara de Lagoa de avançar com trabalhos de limpeza e embelezamento de duas rotundas (a da Fatacil e a da ligação para Carvoeiro).

Cansada por ver as rotundas em ‘bruto’ e por a Infraestruturas de Portugal não concluir a intervenção nem se resolver a assinar um protocolo para o efeito, a autarquia jogou mãos à obra. Ainda conseguiu proceder a alguns trabalhos de limpeza, mas logo foi travada pela empresa quando se preparava para avançar com os de embelezamento daqueles espaços.

A Infraestruturas de Portugal logo veio lembrar que aquela é uma competência sua e que não tinha autorizado a Câmara a intervir nas rotundas.

Contrariado, o presidente da Câmara, Francisco Martins, teve de mandar parar os trabalhos e agora, em declarações ao jornal, não poupa nas críticas à atitude da IP.

O Lagoa Informa também noticia que a autarquia adquiriu um terreno na zona de Porches, onde serão construídas habitações para arrendar.

O objetivo é atrair famílias jovens para aquela freguesia e incentivar o mercado de arrendamento. Iniciativas do género deverão ser levadas a cabo noutras freguesias do concelho de Lagoa.

Para ler nesta edição há, igualmente, um artigo com Helder Neves, Agostinho Custódio, Carlos Romão e David Roque que resolveram formar o grupo informal AGIR – Associativismo, Grupo Informal de Reflexão, através do qual pretendem refletir, lançar pistas e dar contributos sobre uma temática que os apaixona, o associativismo.

Leia também:

António Zambujo nas festas de Lagoa

Festival Internacional de Guitarra apresenta 14 espetáculos

O que vai acontecer no concelho de Portimão em setembro

(Visited 948 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.