As tradições da Mexilhoeira Grande saem à rua

A freguesia da Mexilhoeira Grande está em festa ao longo deste fim de semana com a 6ª edição da iniciativa “A nossa cultura sai à rua”.

O evento, integrado nas Jornadas Europeias do Património 2018, é este ano subordinado ao tema “Partilhar Memórias” – “Mexilhoeira Grande – A nossa cultura sai à rua”. Este é o primeiro ano que a iniciativa, organizada pela Câmara Municipal de Portimão, Museu de Portimão e pela Junta de Freguesia da Mexilhoeira Grande, decorrerá durante dois dias no Adro da Igreja Matriz da freguesia.

A festa arranca este sábado, pelas 14h30, com a mostra de atividades como a confeção do pão em forno de lenha, a doçaria local, o medronho, o mel, entre outros produtos; o artesanato com a empreita, cestaria em vime, cortiça, cadeiras de atabua e rendas; a agricultura e o marisqueio; e as crenças com mezinhas e rezas.

Na mostra surgem ainda pequenos espaços expositivos dedicados às memórias e vivências da terra, este ano com um quarto tradicional recriado pela associação cultural, social e ambiental “Grão de Areia” e um espaço de representação de algumas atividades de cariz agrícola e rural.

Ao longo da tarde haverá partilha das histórias ligadas aos saberes contadas pelos próprios protagonistas das principais atividades de cariz “tradicional” rural da freguesia e a realização de um Peddy Paper, marcado para as 16h00, que permitirá aos participantes partir à descoberta das histórias e memórias que as ruas da Mexilhoeira têm para contar.

A animação musical, que contará com a participação do Rancho Folclórico da Figueira, do Grupo de Amigos da Figueira, do Grupo de Cantares Mexilhoeirense, concertinistas e grupo de baile, arranca pelas 16h30.

Workshops, oficinas e ateliers também integram o programa desta iniciativa e às 17h30 os visitantes podem aprender mais sobre a arte da empreita ou até mesmo participar na construção de um carrinho de rolamentos ao vivo.

Ateliers de amassar pão e de agricultura ou oficinas de construções de terra, como a taipa, pintura de cerâmica com pigmentos e trabalho em barro também fazem parte da lista de atividades em que os visitantes poderão participar.

Os jogos tradicionais voltam a convidar as famílias a jogar à macaca, ao pião, ao berlinde, ao jogo do burro ou ao lencinho da botica e na área dedicada ao património natural da Mexilhoeira será possível participar nos jogos ambientais e ficar a conhecer melhor a fauna e flora da freguesia. Este núcleo é dinamizado pela associação “A Rocha” em colaboração com o biólogo do Município de Portimão.

Das 19h30 às 20h00, no âmbito da partilha de memórias e histórias sobre a vila, será projetado o filme “Mexilhoeira Grande – Anos 60”, realizado por Joaquim Gorgulho Silva, natural daquela localidade, a que se seguirá, às 21h30, um dos momentos altos do dia, a recriação da tradição da festa da descasca do milho e debulha, que decorrerá ao som de concertinas mexilhoeirenses. O certame encerra às 23h00.

Amanhã, domingo, a mostra de artes e saberes tem abertura marcada para as 14h30 e o Museu de Portimão apoia o Clube de Instrução e Recreio Mexilhoeirense na promoção da 2.ª Grande Corrida de Carrinhos de Rolamentos da Mexilhoeira Grande, que terá início às 15h00, com os treinos livres a realizarem-se a partir do 12h00.

Às 19h00 começa a animação musical que será da responsabilidade do grupo Generation XXI, seguida da sessão de entrega de prémios às 20h00 e às 21h00 os The Quest entrarão em palco para fechar a festa que terminará às 22h30.

Leia também:

Detido por posse de pormografia infantil

Oferta de emprego para a Universidade do Algarve

Viagens à borla em Portimão

(Visited 214 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.