Alegado autor da ameaça de bomba na Universidade do Algarve detido pela PSP

pub

A Polícia de Segurança Pública (PSP) de Faro anuncia ter detido o homem que, alegadamente, será responsável pela ameaça de colocação de uma bomba em instalações do Campus da Penha da Universidade do Algarve, feita na quarta-feira.

Trata-se de um professor daquela instituição de ensino superior, de 55 anos de idade, de nacionalidade portuguesa, que se encontra de baixa médica há alguns meses.

Segundo informa a PSP em comunicado, o homem “foi detido por ameaça com a prática de crime, fazendo crer que teria colocado um engenho explosivo naquela Universidade, causando evidente alarme e inquietação na população da cidade de Faro.”

No documento adianta-se que “o suspeito deslocou-se, ao início da manhã, ao Campus da Penha, com vista a um suposto esclarecimento sobre um incidente ocorrido na passada segunda-feira na Escola Superior de Educação e Comunicação, momento em que proferiu um conjunto de comentários ameaçadores, num tom agressivo, revelando que iria fazer explodir a Universidade com um engenho explosivo que ali havia colocado. O indivíduo abandonou, depois, o local para parte incerta.”

A PSP foi, então, chamada ao local que, de imediato, para apurar a” plausibilidade das ameaças e garantir a segurança de todos os presentes no local.” Ao mesmo tempo, uma equipa da Investigação Criminal, “após várias diligências, interceptou o suspeito junto à porta da sua residência.”

No Campus Universitário, “a PSP montou um perímetro de segurança e efectuou as necessárias buscas para detecção do eventual engenho explosivo, as quais terminaram cerca das 15h00. Não foi encontrado qualquer objecto suspeito, tendo sido reposta toda a normalidade no local.”

Leia também:

Ameaça de bomba na Universidade do Algarve

Estômbar e Ferragudo vencem Orçamento Participativo do concelho de Lagoa

Sete ofertas de emprego para supermercados

(Visited 62 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub