Saiba quem foram os premiados do «Choque Frontal ao Vivo»

pub
pub

Já são conhecidos os vencedores da primeira edição dos Prémios Choque Frontal ao Vivo.

Os nomes foram anunciados esta quarta-feira à noite, no decorrer de um espetáculo realizado no grande auditório do Teatro Municipal de Portimão (TEMPO) e que terminou com uma eletrizante atuação dos Íris, que levou ao rubro as centenas de pessoas presentes.

Na categoria de Melhor Álbum Nacional, o vencedor foi Pedro Abrunhosa, enquanto que na de Melhor Álbum Algarve o prémio foi conquistado por Dino D’Santiago.

No que diz respeito aos Prémios Revelação a nível nacional, a vitória sorriu a Matay, enquanto que a nível regional foi Fernando Leal a levar para casa o prémio. Barco de Papel de Reflect foi eleita a Melhor Música.

Fora do domínio da música foram, ainda, distinguidos a Universidade do Algarve (Categoria de Artes, Ciências, Cultura e Desporto) e o Refúgio Aboim Ascensão (Mérito e Excelência).

Para além dos Íris, pelo palco do TEMPO passaram Ricardo J. Martins, Sickonce, Filipe Cabeçadas, Lum, Reflect, Fernando Leal, Dancema e Dança Contemporânea de Portimão.

Esta edição muito especial do Choque Frontal ao Vivo, da Alvor FM, contou, como é habitual, com a apresentação de Ricardo Coelho e Júlio Ferreira.

Leia também:

Duas ofertas de emprego público

Polícia Marítima foi ao perceve

Investimento de milhões foi inaugurado em Lagos

(Visited 210 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev