Tirando a mania de roubar coisas, os ladrões são, no fundo, pessoas como todos nós

Veja aqui todas as fotos do dia

No sábado muitos algarvios e visitantes deviam estar fora de casa, à procura de um local público onde pudessem ver o Benfica-Porto.

Outros passeavam pelo recinto da FATACIL à espera do concerto da Mariza com a Orquestra Clássica do Sul.

No domingo, os amantes do futebol também tiveram dia cheio, pois o Portimonense recebeu o Sporting. Quem preferisse outro tipo de pontapé na bola podia passar pelo Portimão Arena, onde, entre outros, ‘atuava’ o melhor do mundo de futsal, o português Ricardinho.

Mas havia um conjunto muito alargado de outras propostas um pouco por todo o Algarve, levando a que muita gente saísse de casa, facilitando, assim, o trabalho dos profissionais do gamanço. Estavam, pois, reunidas as condições para que registasse um surto brutal de roubos em residência, o que, no entanto, parece não ter acontecido.

Isso significa que, tirando aquela mania de roubar coisas, os ladrões são, no fundo, pessoas como todos nós: adoram bola, música e não querem ouvir falar de trabalho quando estão de férias.

(J.E.)

LEIA TAMBÉM:

Vai conduzir? Cuidado com os drones

Quando é que a rotunda dá vinho?

Queres apanhar uma palmada?


OS NOSSOS VÍDEOS

(Visited 149 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev