“Um bom negócio para a cidade”

pub

A sessão comemorativa do Dia da Cidade de Portimão foi aproveitada pela presidente da Câmara para fazer uma espécie de balanço do projeto Cidade Europeia do Desporto (CED).

Isilda Gomes destacou o facto de Portimão ter conquistado o título de melhor CED, o que, na sua opinião, significa que “subimos ao pódio do que melhor se faz na Europa no desporto”.

Uma circunstância que ficou a dever-se ao trabalho de muitos atletas, clubes, escolas e instituições, os quais foram homenageados nesta sessão.

O sucesso desportivo também se estendeu ao financeiro, uma vez que a autarca espera que até ao final do ano o impacto mediático da CED ascenda a 5 milhões de euros.

Tendo em conta que os custos terão chegado a 3,8 milhões de euros – verba que inclui os cerca de 1,4 milhões necessários para acabar o Pavilhão da Boavista – conclui que este “foi um bom negócio para Portimão”.

O presidente da Assembleia Municipal, João Vieira, dedicou o seu discurso às questões da Saúde, tendo, no final, apelado à união dos algarvios na reivindicação da construção de um novo hospital central.

Como é habitual, no decorrer da sessão houve um momento de entrega de medalhas – este ano, de prata – a cidadãos que se distinguiram.

Este ano, a escolha recaiu no chefe regional do Corpo Nacional de Escutas, José João Cercas Vicente, e na professora Maria Fernanda Rosa.

 

LEIA TAMBÉM:

Neste parque já se pode estacionar à borla

Empresa privada paga festa de fim de ano portimonense

Jamila Madeira puxa ex-presidente da Câmara de Lagoa para o Governo


OS NOSSOS VÍDEOS

(Visited 329 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev