Loulé pretende escola para o ensino da dança

O futuro edifício do Centro de Educação e Cultura de Quarteira vai integrar uma escola para o ensino da dança, pertencente à rede pública.

O anúncio foi feito pelo presidente da câmara municipal de Loulé, Vítor Aleixo, no passado sábado, durante a apresentação pública dos projetos e entrega de prémios ao vencedor e distinguidos no concurso de conceção deste projeto estruturante.

Para o presidente da câmara, sendo Quarteira uma cidade cosmopolita, um verdadeiro caldo social e cultural, com gente de várias geografias”, constitui o local ideal para esta aposta.

A escola será uma das valências deste equipamento que pretende trazer uma nova centralidade à cidade, ao concelho e à região, sob o chapéu da cultura.

Após um concurso público de conceção para a elaboração do projeto deste Centro de Educação e Cultura de Quarteira, promovido pela autarquia e com a preciosa consultadoria da Secção Regional Sul da Ordem dos Arquitetos, elogiado por todos os intervenientes pela qualidade dos participantes e dos moldes de realização do mesmo, o conceituado júri composto por especialistas de várias áreas como o arquiteto Gonçalo Byrne, o coreógrafo Rui Horta, e, entre outros, personalidades da programação cultural e da educação, Manuel Rocha, José Bastos e João Aidos, decidiu “por clara unanimidade” atribuir o 1º lugar ao arquiteto Pedro Domingos.

 



 

Leia também:

Portimão vai ter crematório

Duas ofertas de emprego público

Rodrigo Leão e Salvador Sobral atuam em Lagos

(Visited 171 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub