Covid-19 afundou o turismo algarvio em março

pub

O surto do Covid-19 fez com que a taxa de ocupação das unidades de alojamento algarvias afundasse em março.

Pelas contas da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), a taxa média foi de apenas 28,6%, o que significa que ficou 45,8% abaixo da verificado no mês homólogo de 2019. Foi o pior mês de março de sempre para o setor.

Isso justifica-se porque, ao longo do mês, “60% da oferta disponível encerrou devido à pandemia do Covid-19”. A 1 de abril encerraram mais 10% dos empreendimentos, enquento que “a generalidade da restante oferta preparava-se para fazer o mesmo”.

Os mercados que mais contribuíram para a descida verificada foram o nacional (-54,5%), o alemão (-51,7%) e o britânico (-48,9%).

O volume de vendas diminuiu 29,8%, em março.

Segundo a AHETA, desde o início do ano, a taxa de ocupação quarto regista uma descida média de 13,8% e o volume de vendas uma quebra de 1,4%.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: Número de mortes no Algarve subiu para 7

Covid-19: O apagão dos dados regionais

Ofertas de emprego no Algarve

(Visited 340 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev