Câmara de Lagoa denuncia abate de dezenas de árvores junto à costa

pub
pub

A Câmara de Lagoa informa ter manifestado a sua “indignação” junto das entidades competentes pelo facto de ser ter verificado o abate de largas dezenas de árvores de médio e grande porte junto à costa.

Em comunicado, a autarquia acrescenta que estas iniciativas, que têm vindo a tornar-se cada vez mais frequentes ao longo dos últimos anos, devem ter como motivação a procura de vistas diretas sobre o mar a partir das habitações localizadas naquelas zonas.

Os pinheiros são, aparentemente, as espécies mais visadas por estes abates, mas os serviços da autarquia têm observado que “não há espécies que estejam a salvo desta atitude deplorável”.

Os abates indevidos de árvores têm vindo a ser registados em vários locais do concelho de Lagoa, com particular incidência em Paraíso – Vale Currais, Algar Seco, Alfanzina – Vale Figueira, e perto do Leixão do Ladrão – Carvalho.

O Município já denunciou alguns dos casos identificados ao Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA / GNR), a entidade competente para fiscalizar e zelar pelo cumprimento da legislação florestal e encontra-se a preparar “novas formalizações de queixa sobre estes ilícitos ambientais”. 

LEIA TAMBÉM:

Chef de restaurantes de luxo faz refeições para a população carenciada

Pandemia faz disparar pedidos de ajuda

23 ofertas de emprego

(Visited 77 times, 1 visits today)
pub

pub
pub

pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev