Covid-19: Ponto de situação em Portimão

Ontem foram registados no concelho de Portimão 20 novos casos de Covid-19 e 9 recuperações, informa a Câmara local em mais um ponto de situação.

De acordo com os dados agora disponibilizados, o número de casos ativos é, agora, de 136 e o de contabilizados nos últimos 14 dias subiu para 194, o que dá uma média diária de 13,8.

Uma parte substancial destes casos resultam do surto registado na construção civil. Em informação ontem divulgada, a autarquia contabilizava 89 casos positivos, entre trabalhadores daquele setor e coabitantes, “os quais foram precocemente isolados, numa ação de antecipação levada a cabo pela Unidade de Saúde Pública de Portimão, com o apoio da Proteção Civil Municipal”.

No documento refere-se que, “segundo a Subcomissão Municipal Permanente de Proteção Civil – Covid-19, coordenada pela delegada de Saúde, logo que conhecido o potencial de desenvolvimento deste surto, iniciou-se em meados de março um plano de ação para resposta à previsível situação epidemiológica decorrente dos primeiros casos positivos detetados”.

As causas deste surto “estão relacionadas com práticas de comportamentos de risco, associados a falhas na utilização de equipamentos de proteção individual e a momentos sociais veemente desaconselhados neste período de exceção, sendo de notar que existem cerca de duas centenas de estaleiros ativos no concelho, onde operam dezenas de empresas de subempreiteiros que percorrem várias obras em poucos dias”.

A autarquia acrescenta que a partir do dia 18 de março foram constituídas equipas multidisciplinares (com elementos da Autoridade das Condições do Trabalho, Saúde Pública e Proteção Civil), as quais “visitaram os principais estaleiros ativos em Portimão, abrangendo 60 empresas, onde foi possível uma equipa de enfermeiros do ACES Barlavento, com o apoio de técnicos dos Bombeiros de Portimão, realizar 475 colheitas de trabalhadores no local para teste PCR à Covid-19. Esta ação permitiu identificar precocemente os casos positivos e investigar os links epidemiológicos de forma fulminante”.

Após uma primeira ação de testagem massiva de quatro dias no Portimão Arena, com testes rápidos adquiridos pelo Município ao ABC, detetaram-se seis casos positivos, a que se seguiram quatro ações de proximidade nas três freguesias do concelho, nomeadamente nas localidades da Figueira, Mexilhoeira Grande, Ladeira do Vau e Montes de Alvor, numa operação realizada pela CVP a pedido da Autoridade de Saúde, com a deteção de três casos positivos.

Na última semana, iniciou-se a testagem setorial que está a abranger a construção civil, mercados, serviços municipais, agentes de proteção civil, taxistas, padarias, empresas de apoio ao domicílio, segurança privada, pescadores, comércio e outros setores da comunidade que, ao longo dos próximos dias, continuarão a ser testados em massa, de forma metódica de acordo com o planeamento estabelecido.

LEIA TAMBÉM:

19 ofertas de emprego para Câmara algarvia

Luís Carito assume candidatura e diz que não deixou a Câmara de Portimão na falência

O regresso calculista de Joaquina Matos à política de Lagos

(Visited 800 times, 1 visits today)
pub

pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev