Contagem decrescente para os concertos de Mariza e Rui Veloso em Lagos

pub
pub

É já de 27 a 31 de julho que o Complexo Desportivo de Lagos se irá encher de doces, petiscos, música e muita animação, em mais uma edição da Feira Concurso Arte Doce.

Já na sua 33.ª edição, o regresso deste evento do concelho lacobrigense apresenta um dos melhores cartazes do verão algarvio, com Rui Veloso, Gabriel o Pensador, Dillaz, Bárbara Bandeira e Mariza, em cinco dias muito “gulosos”.

O certame decorre agora em cinco dias, continua a ter entrada gratuita e funciona entre as 18h00 e as 24h00. O espaço envolvente do recinto foi aumentado para acomodar mais participantes. Para além da doçaria regional, que se mantém no interior do pavilhão, o exterior contará com artesanato, tasquinhas e outros produtos alimentares, num total de cerca de 113 participantes.

Celebrando o centenário da chegada do comboio a Lagos, uma iniciativa com várias atividades a decorrer nos dias 29 e 30 de julho, esse foi, de resto, o tema escolhido para esta edição do certame. Para reforçar os laços entre as várias tradições do país, foi também convidada a região da Estremadura que estará presente na forma de artistas, doçaria e artesanato.

No que toca a animação musical, para além dos já referidos cabeças de cartaz Rui Veloso, Gabriel o Pensador, Dillaz, Bárbara Bandeira e Mariza no palco principal, o recinto integra um palco secundário por onde passarão artistas locais (Banda da Sociedade Filarmónica Lacobrigense 1.º de Maio, Rancho Folclórico e Etnográfico de Odiáxere, Daddy Jack Band, Paulo Ribeiro, DJ Manu, Time for T, Ana Marques, Ana Valentim, Vítor do Carmo, José Santana e Orquestra Ligeira de Lagos) e da Estremadura (Orquestra de Foles, Sons da Terra, Alma Menor e Rancho Velha Guarda do Folclore da Nazaré).

Para aqueles que querem aprender mais sobre doçaria e gastronomia, os showcookings diários são obrigatórios: doce fino, sabores da Estremadura, doce conventual de Alcobaça, sabores da baía de Lagos e gastronomia com o chef Louis Anjos (Estrela Michelin) são as várias opções disponíveis.

Mas obviamente que o foco do certame estará na sua própria história, o concurso de doçaria, que destaca o talento e a criatividade de doceiras e doceiros. Nesta edição, as categorias a concurso são Arte Doce – Tema obrigatório e Tema livre, Qualidade na Tradição (Melhor Dom Rodrigo, Doce Fino, Morgado e Doce de Figo) e Doces de Inovação, os quais serão anunciados ao longo dos três primeiros dias de feira, com a entrega dos prémios a decorrer no quinto e último dia.

Mas as novidades não se ficam por aqui! Neste ansiado regresso, o evento terá também uma zona infantil alargada com muitas animações e atividades para os mais pequenos, a colaboração do Comboio Turístico de Lagos que, alinhado com o tema deste ano, fará o transporte gratuito de visitantes entre o centro histórico de Lagos e o recinto, um novo website onde pode consultar o programa, mapa e participantes, e a dinamização da feira por Hugo Mendes (Passadeira Vermelha, SIC Caras e SIC).

LEIA TAMBÉM:

Mulher morre após se sentir mal na praia

Os eventos que pode ver no Algarve ao longo da semana (18 a 24 de julho)

Covid-19: Ponto de situação em cada um dos 16 concelhos algarvios

(Visited 821 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev