De condutor sem carta a suspeito de homicídio

A detenção de um condutor por agentes da PSP acabou por revelar um possível homicídio.

Foi durante esta madrugada que elementos daquela força policial, da esquadra de Faro, mandaram parar um veículo, devido às “manobras irregulares e perigosas” que, segundo revela a PSP em comunicado, estariam a ser feitas.

Acabaram por deter o condutor, um jovem de 20 anos de idade, que não tinha carta. A “insegurança” que demonstrava quanto à propriedade da viatura, os antecedentes que  por crimes de furto e ainda o facto de não conseguirem contactar, telefonicamente, o proprietário do carro, levaram a avolumar as suspeitas sobre o jovem.

Perante a insistência dos agentes, refere a PSP, “o detido veio a afirmar que se teria envolvido numa discussão com o proprietário da mesma, durante o fim-de-semana, em sua casa, e que teria acabado por agredi-lo mortalmente, com uma faca.”

Em face disso, foi contactada a GNR de Alcoutim, que enviou uma patrulha à residência do proprietário do veículo, um inglês de 50 anos de idade. Acabaram por verificar que o homem “jazia inanimado, com fortes indícios de ter sido esfaqueado.”

A investigação do caso passou para a Polícia Judiciária.

Leia também:

Detida por esfaquear um homem

Tinha uma autêntica ‘fábrica’ de produção de cannabis em casa

Subscreva a nossa Newsletter

(Visited 160 times, 1 visits today)
pub

pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.