Litígio sobre as obras de Armação de Pêra é finalmente resolvido

pub
pub

A Câmara de Silves chegou a acordo com as empresas “Mota Engil, S.A.”, e a “Vibeiras, S.A.”, no sentido de resolver um litígio resultante da execução da empreitada de “Requalificação Urbana da Frente-Mar de Armação de Pêra – Poente”.

A intervenção tinha sido dividida em duas vertentes, a Nascente e a Ponte, tendo esta última sido adjudicada em Outubro de 2008.

Acontece que, no decorrer da empreitada, foram executadas, por solicitação da autarquia, obras a mais no valor de 280 mil euros. A empreitada foi concluída em 2011, mas a verba relativa aos trabalhos a mais nunca foi paga às empresas, situação que as levou a recorrer à via judicial.

Segundo nota de imprensa do actual executivo, a Câmara foi condenada, em Março passado, a “entregar ao consórcio a quantia equivalente aos trabalhos a mais executados e recepcionados, acrescida de juros legais, contabilizados desde 22 de Novembro de 2012”.

No passado dia 4, a autarquia e as empresas em causa chegaram a um entendimento sobre a forma como esse pagamento vai ser regularizado, ficando assim resolvida esta questão.

Leia também:

Guerra política na Câmara de Silves

Subscreva a nossa Newsletter

(Visited 174 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.