Cuidado com o radar

pub
pub

Nos próximos meses, os automobilistas que transitam na Estrada Nacional (EN) 125 vão ter mais três ‘incentivos’ para cumprirem os limites de velocidade.

Isto porque o Ministério da Administração Interna se prepara para instalar três caixas de radares móveis nessa estrada.

A medida, que abrange todo o país, está integrada no Sistema Nacional de Controlo de Velocidade (Sincro), que faz a detecção automática da infracção de excesso de velocidade.

É composto por 30 radares móveis instalados, de forma rotativa, em 50 locais considerados extremamente críticos, em termos de sinistralidade rodoviária.

Isso significa que não estarão radares a funcionar em todos os locais as mesmo tempo. Mas, como nunca se sabe a localização exacta de cada um, o melhor mesmo é os automobilistas assumirem que a sua velocidade está a ser controlada. É que, se forem apanhados em excesso de velocidade por um desses radares, podem ter a certeza que a respectiva multa vai chegar a casa, uma vez que é processada de forma automática, sem intervenção humana.

A nível nacional, o primeiro dispositivo foi instalado no passado dia 6 de Julho, na A5 (Cascais/Lisboa) e, até Setembro, devem entrar em funcionamento mais 25, prevendo o Ministério da Administração Interna que todo o sistema esteja operacional até final de Janeiro do próximo ano.

De acordo com o site da Rádio Renascença, no Algarve, as caixas de radar vão ser instaladas nos seguintes pontos: uma entre Portimão e Lagoa, bem perto do nó de acesso à Via do Infante; outra na Guia, a seguir ao Algarve Shopping (para os automobilistas que vão no sentido Portimão/Faro) e, finalmente, a terceira à entrada de Faro, na zona do nó para o aeroporto.

Leia também: 

Há cada vez mais acidentes no Algarve

GNR controla trânsito para a Praia Verde

Construção de terminal rodoviário custa 258 mil euros

Subscreva a nossa Newsletter 

(Visited 5.170 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.