Contestação à construção de superfície comercial nas Alagoas Brancas

pub

Na manhã deste Domingo (a partir das 10 horas) deverá realizar-se uma concentração no concelho de Lagoa contra a construção de uma superfície comercial na zona das Alagoas Brancas (situada perto do recinto da Fatacil).

A acção, convocada através das redes sociais, tem como objectivo “censurar e travar o destino traçado para mais uma área natural na cintura envolvente da área da cidade de Lagoa”. Na convocatória acrescenta-se que “a área em causa é  uma importante zona húmida de invernia para algumas espécies raras de aves, nomeadamente o íbis-preto”.

Para além disso, pode ainda ser “um vestígio das antigas lagoas que deram origem ao nome da localidade, alagando-se parcialmente durante o período de chuvas do inverno”.

Com o mesmo objectivo de combater tal construção foi criada uma petição que, nesta altura, tem quase meio milhar de subscritores.

Este assunto, que foi originalmente denunciado publicamente pela associação ambientalista Almargem, já chegou ao Parlamento, através dos deputados do Bloco de Esquerda João Vasconcelos e Jorge Costa que, esta Quinta-feira, 9 de Fevereiro, dirigiram uma exposição escrita ao Ministro do Ambiente.

Os dois deputados consideram que está em causa um “atentando ambiental” e pedem a intervenção urgente daquele ministério para evitar a sua concretização.

 Leia também:

Avenida do Atlântico foi inaugurada

Veja onde vai estar a PSP com o radar

Subscreva a nossa Newsletter 

(Visited 458 times, 1 visits today)
pub

pub

pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.