Situação em Monchique volta a complicar-se

A situação em Monchique voltou a complicar-se esta tarde.

Segundo afirmou há pouco, em mais um briefing, o 2º comandante da Proteção Civil de Faro, Abel Gomes, algumas das zonas sensíveis que “não estavam perfeitamente consolidados, face à meteorologia, que continua adversa para quem tem de combater este incêndio, reativaram-se e com grande intensidade”.

Para além disso, “registaram-se várias projeções, as quais tiveram um comportamento bastante violento”, criando grandes dimensões de áreas afetadas, que “ultrapassaram a capacidade de extensão dos combatentes”.

Nesta altura, as situações que mais graves são as que se verificam Fóia, Barragem de Odelouca e o Sítio da Cascalheira.

A situação foi adjetivada por este responsável como “complexa” e a próxima noite vai ser dura para quem combate as chamas e para a população local.

De acordo com o site oficial da Proteção Civil, encontram-se no terreno 1.154 operacionais, apoiados por 357 viaturas terrestres.

Leia também:

12 ofertas de emprego para Câmara algarvia

Oferta de emprego para autarquia algarvia

58 ofertas de emprego público

 

(Visited 395 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.