Um Serviço Nacional de Saúde a centenas de velocidades

Veja aqui todas as fotos do dia

A presidente da Câmara de Portimão anunciou ontem a intenção de investir na especialização de médicos, com a contrapartida de ficarem durante alguns anos a exercer no concelho.

Trata-se de um esforço compreensível para ajudar a resolver um problema grave que se vive no Hospital do Barlavento. Aliás, que se vive em muitas unidades de saúde do país.

Esta medida poderá vir a ser seguida por outras autarquias que tenham dinheiro. Daí resultará, em última instância, que as populações que vivem em concelhos ricos passarão a ter bons ou, vá lá, razoáveis cuidados de saúde e as outras não.

Será um Serviço Nacional de Saúde (SNS) não a uma nem a duas, mas, se calhar, a centenas de velocidades, uma por cada município, por culpa do Governo, a quem compete garantir serviços de qualidade a todos os portugueses, independentemente do local onde vivam.

As próximas Legislativas estão a chegar e é fundamental que todos os partidos apresentem ideias e soluções para resolver este tipo de problemas. E que assumam que há que investir bastante mais na saúde.

(J.E.)

LEIA TAMBÉM:

Para que serve este sinal de trânsito?

EN 125 a Património da Humanidade

Dia de São Nunca à tarde

(Visited 167 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev