Quase um quinto da população de Lagoa é de nacionalidade estrangeira

Arrancaram esta tarde, no Convento de S. José, os Encontros Internacionais da Política e da Imagem de Lagoa, que vão desenvolver-se até sábado.

Trata-se de uma iniciativa que tem como um dos objetivos principais assinalar a passagem dos 247 anos da criação do Município de Lagoa, referiu, na inauguração, o presidente da Câmara, Luís Encarnação.

A ideia, acrescentou o autarca, é “lançar uma visão” para não só para o interior como também para o exterior do concelho porque “Lagoa é, verdadeiramente, um espaço cosmopolita e temos imenso orgulho nisso”.

Um dos dados que sustentam essa afirmação é o facto de “18% da população de Lagoa, no total de 4006 pessoas ser de nacionalidade estrangeira”.

Exposições, palestras, debates, cinema e mesas-redondas integram o programa destes Encontros Internacionais da Política e da Imagem.

Um dos momentos mais relevantes, a apresentação do projeto Casa da Cidadania, a instalar nos antigos Paços do Concelho, tem lugar esta quinta-feira, a partir das 16h00, no Convento de S. José.

Na sexta-feira, uma das iniciativas que provocam maior expectativa é a mesa redonda «Caminhos para um diálogo político e religioso», em que participam representantes das igrejas católica, anglicana, luterana, adventista e maná e da comunidade muçulmana.

O ponto final nesta iniciativa será colocado no sábado, no decorrer de uma sessão que se iniciará pelas 19h00 e contará com a presença da ministra da Cultura, Graça Fonseca.

Leia também:

Estas ruas de Portimão e Alvor vão ser arranjadas

Veja onde vai estar a PSP com o radar

Três ofertas de emprego no Algarve


OS NOSSOS VÍDEOS

 

(Visited 277 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev