Município de Lagoa critica dois casos de “não acatamento das medidas em vigor”

pub
pub
pub

O Município de Lagoa vem, em comunicado, “solidarizar-se com a GNR na missão de fazer cumprir as medidas do estado de emergência” e apelar “à serenidade e à prevenção “.

Esta tomada de posição surge após se terem verificado “duas ocorrências pontuais de não acatamento das medidas em vigor, registadas em Carvoeiro e Lagoa no decurso da última semana”.

Face a estas situações, o presidente da autarquia, Luís Encarnação, mostra-se “preocupado e solidário com as forças de segurança que estão a fazer cumprir as medidas impostas pelo estado de emergência neste concelho algarvio”.

O autarca assume, ainda, “a disponibilidade do Município para colaborar quer na denúncia de incumprimentos, quer na articulação interinstitucional que facilite a aplicação das medidas decretadas pelo estado de emergência”.

Contudo, acrescenta que as situações referidas “são casos isolados”, sendo de “enaltecer é a conduta exemplar da esmagadora maioria dos cidadãos e cidadãs lagoenses”.

No documento acrescenta-se que, sabendo-se que “os contactos entre pessoas constituem forte veículo de contágio e de propagação da doença COVID-19, o Município de Lagoa continua a apelar para que se mantenham ao nível mínimo indispensável”.

LEIA TAMBÉM:

Mais nove casos de Covid-19 no Algarve

Câmara de Albufeira compra ventiladores

Covid-19 já matou 140 pessoas

(Visited 475 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub