Cristóvão Norte pede medidas para impedir nova rota de imigrantes ilegais

pub
pub
pub
pub

O deputado Cristóvão Norte (PSD) defendeu, em audição ao Ministro da Administração Interna, no Parlamento, que sejam “tomadas medidas para impedir o nascimento de uma nova rota de migrantes ilegais, porta de entrada em Portugal e na Europa”.

O deputado considerou que “o laxismo do Estado é um convite a rotas de tráfico de migrantes ilegais, já que muitos dos imigrantes ilegais que estão sob custódia  do SEF estão em paradeiro incerto, em fuga, não podendo ser deportados. Esta é uma agressão ao Estado de Direito.”

Este eleito pelo Algarve recordou que “do primeiro desembarque no Algarve, em Dezembro, sete dos oito migrantes que viram os seus pedidos de proteção internacional recusados,  e cinco deste sete estão em paradeiro desconhecido, ou seja, o SEF não sabe onde é que eles estão;  do segundo desembarque, em Janeiro, onze cidadãos marroquinos, oito estão em parte incerta, o SEF nem os conseguiu ouvir. A nossa omissão está a patrocinar o crescimento destas rotas.”

NPara Cristóvão Norte, “a circunstância de não sermos capazes de localizar e resolver a questão é o pior sinal que se pode dar a estas rotas que vão crescer porque o que estamos a garantir é que elas são bem sucedidas.”

Referindo-se ao facto de nos últimos meses se terem interceptado quatro desembarques e de outros não terem sido detetados, exortou o Governo “a agir, quer do ponto de vista da grave incapacidade do SEF, quer através de coordenação de medidas entre as autoridades envolvidas – SEF, GNR e Polícia Marítima – de modo a reforçar as condições de patrulhamento e de atenuar os riscos que se avolumam sobre o Algarve e o país.”

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: Portimão regista caso positivo resultante da festa de Odiáxere

Já há 16 casos confirmados de Covid-19 resultantes da festa de Odiáxere

Praias de Lagoa têm sistema automático de contagem de banhistas

(Visited 82 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub
pub
pub
pub