Olhão celebrou o seu dia de forma diferente

pub
pub
pub
pub

Olhão comemorou esta terça feira, dia 16 de junho, o Dia da Cidade. O feriado municipal assinalou os 212 anos sobre o levantamento popular que, em 1808, aquando da ocupação francesa, culminou na expulsão das tropas napoleónicas de Olhão.

As comemorações deste ano decorreram em moldes diferentes dos tradicionais, fruto das contingências da pandemia.

O programa teve início às 10h00, com a cerimónia do hastear das bandeiras junto aos edifício dos Paços do Concelho.

Depois da tradicional homenagem aos heróis da Restauração de 1808, seguiu-se uma visita às instalações da Polícia Municipal, ao recém-requalificado Largo do Grémio e às obras da Escola N.º5, que se encontram na sua fase final.

Outro dos pontos altos da manhã foi o passeio pela Rua do Comércio, na companhia dos autores da instalação alusiva ao mar e à pesca, patente naquela artéria da cidade.

Antes da sessão solene, que decorreu no Auditório Municipal perante uma assistência restrita devido à Covid-19, houve, ainda, lugar à inauguração das duas novas instalações artísticas – cavalo-marinho e homenagem à mulher conserveira – que adornam desde esta semana as rotundas da Avenida 5 de Outubro e da Zona Industrial, respetivamente.

A ocasião serviu de mote para o presidente da autarquia, António Miguel Pina, realçar o quanto a conjuntura mundial foi alterada pela pandemia de covid-19 que, “quando a humanidade discutia e estudava soluções para resolver problemas graves, como a sustentabilidade ambiental, foi surpreendida por um vírus que rapidamente se alastrou aos quatro cantos do mundo”.

No que diz respeito à região do Algarve e do concelho de Olhão em particular, o autarca sublinhou que “felizmente, e graças a um exemplar comportamento dos olhanenses, somos um dos concelhos do Algarve onde a covid-19 tem uma presença menos significativa”.

António Miguel Pina destacou as ações promovidas pela autarquia para minimizar os efeitos da pandemia junto da população, sobretudo na área social, com destaque para “a distribuição de mais de duas mil refeições pela população mais fragilizada”.

Para além disso, a autarquia promoveu o pagamento faseado das rendas de habitação social e das faturas da água até 12 mensalidades, a isenção do pagamento de taxas de ocupação da via pública e publicidade, o pagamento das rendas de espaços concessionados de forma faseada e a oferta a todos os funcionários e colaboradores das IPSSs do concelho de viseiras, máscaras protetoras e gel desinfetante.

O autarca anunciou, ainda, que, brevemente, terá início a distribuição de máscaras protetoras gratuitas no concelho, três por cada munícipe.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: Portimão regista caso positivo resultante da festa de Odiáxere

Já há 16 casos confirmados de Covid-19 resultantes da festa de Odiáxere

Praias de Lagoa têm sistema automático de contagem de banhistas

(Visited 55 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub