Câmara de Portimão investe mais de 2 milhões de euros no combate à Covid-19

pub
pub

Até agora, a Câmara de Portimão gastou cerca de 2,2 milhões de euros em compra de material e diversas iniciativas e apoios que têm como objetivo minorar as consequências da pandemia de Covid-19.

Essa informação foi prestada pela presidente da autarquia, na sessão de segunda-feira da Assembleia Municipal.

Só na compra de equipamento como, entre outros, ventiladores, máscaras, luvas e tablets com acesso à internet para que os alunos possam estudar a partir de casa foram gastos cerca de 1,9 milhões de euros.

Seis de um total de 24 ventiladores antecipadamente pagos chegaram esta semana e foram ontem entregues ao Hospital do Barlavento, juntando-se, assim, a outros nove anteriormente oferecidos àquela unidade de saúde pública. Os restantes deverão chegar ao longo das próximas duas semanas.

No decorrer daquela sessão, a autarca também informou os deputados municipais que foi entregue ao movimento associativo e às instituições de apoio social uma verba total de 313 mil euros.

Ao mesmo tempo foi reforçado, em cerca de 650 mil euros, o fundo de emergência social, tendo, dessa verba suplementar, sido gastos, até agora, 37 mil euros.

Para além disso, acrescentou, a Câmara vai ver entrar nos seus cofres menos cerca de 720 mil euros relativos devido às isenções criadas para ajudar as empresas e famílias portimonenses em dificuldades.

Entretanto, no seu mais recente ponto de situação, a autarquia informa que ontem foi mais um dia sem registo de novos casos positivos de Covid-19 no concelho. Como também não houve recuperações, o número de casos ativos continua a ser de 38.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: DGS regista mais 7 casos no Algarve

Oferta de emprego para a EMARP

Festa de Odiáxere já deu origem a 111 casos

(Visited 144 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev