Câmara de Lagoa fecha 1º semestre com ‘lucro’ de 206 mil euros

pub

A Câmara de Lagoa registou, ao longo do primeiro semestre do ano, um resultado positivo de 206 mil euros.

Em comunicado, aquela autarquia acrescenta que o valor apurado representa uma diminuição de 32 milhões de euros face ao mesmo período do ano passado.

A quebra verificada deve-se, sobretudo, à redução de receitas, nomeadamente, ao nível das rubricas «Impostos, Contribuições e Taxas» com menos 1,5 milhões e Vendas (Água, Resíduos e Saneamento) com uma variação negativa de 471 mil euros.

Os gastos extraordinários relacionados com a Covid-19, que ascenderam neste período a 707 mil euros, também contribuíram para a quebra dos resultados.

As despesas com Recursos Humanos tiveram uma diminuição de 87 mil euros face ao período homólogo de 2019.

Luís Encarnação, presidente da edilidade, refere que “estes números obrigam a uma redefinição da estratégia de atuação do Município no 2º semestre de 2020. Continuaremos a privilegiar os Serviços Públicos Essenciais – Limpeza Urbana, Recolha dos Resíduos Sólidos Urbanos, Jardins, Espaços Públicos, Saneamento e Abastecimento de Água. Ao mesmo tempo, o reforço do apoio social às instituições e às famílias deverá garantir que, nos tempos difíceis que se avizinham, nenhum lagoense ficará para trás”.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: DGS regista mais cinco casos no Algarve

Ofertas de emprego para agrupamento de escolas

Família em dificuldades salva no mar

(Visited 68 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub