PSD de Portimão acusa o PS de só agora se preocupar com a falta de habitação social no concelho

pub
pub
pub
pub

O PSD de Portimão acusa a Câmara local de só agora, “a um ano das eleições autárquicas”, ter acordado para as graves lacunas que considera existirem ao nível da habitação social no concelho.

Esta tomada de posição dos social-democratas surge na sequência da aprovação, em reunião do executivo, da Estratégia Local de Habitação apresentada pelo executivo socialista. O PSD recorda que já, por várias vezes, ao longo deste mandato, apresentou diversas propostas, a este nível, as quais nunca tiveram concretização prática por parte daquela autarquia.

Relativamente ao documento agora aprovado, os social-democratas consideram que “pretende efetivamente dar resposta a vários problemas identificados há muito tempo no município”.

No entanto, lembra que “o PS governa autarquicamente o Município de Portimão há mais de 40 anos, num concelho onde hoje é evidente a existência de bairros sociais degradados e, infelizmente, identificam-se 567 famílias em situação urgente de necessidade de habitação”. Salienta  ainda o PSD “o valor de 85,6 milhões de euros de necessidade de investimento em habitação social, situação de natural responsabilidade do PS que só a um ano de eleições autárquicas é que conseguiu dar prioridade a tantas famílias portimonenses”. 

Carlos Gouveia Martins mantém-se à frente do PSD/Portimão

O PSD de Portimão continua a ser liderado por Carlos Gouveia Martins, que foi eleito para um novo mandato à frente da comissão política local, à frente da única lista apresentada.

Uma das novidades foi a criação do Conselho Consultivo e Estratégico, órgão que conta com a participação de dois antigos presidentes de Câmara de concelhos vizinhos: Joaquim Piscarreta (Lagoa) e Isabel Soares (Silves). O facto de ambos terem, de imediato, aceitado o convite, diz Carlos Gouveia Martins, significa que “a credibilidade do PSD/Portimão já ultrapassa as fronteiras do concelho”.

Agora, o seu grande objetivo é preparar o melhor possível o partido, de forma a que tenha condições para vencer as próximas autárquicas, algo que garante ser possível.

Para já, diz que ainda não está decidido quem será o candidato à presidência da Câmara, devendo o processo de escolha começar a desenvolver-se ao longo dos próximos tempos.

Também ainda não está assumido se o partido irá sozinho às autárquicas ou se integrará uma coligação com outras forças partidárias, nomeadamente, o CDS.

Carlos Gouveia Martins lembra que os órgãos nacionais do partido têm uma palavra a dizer nesta matéria, mas que “pessoalmente, defendi no passado e sou coerente agora, que desde que seja possível encontrar um projeto agregador que envolva outras formações e independentes, as possibilidades de vencer aumentam”. No entanto, “não está nada decidido a esse nível, nem falei com ninguém sobre o assunto”, garante o líder do PSD/Portimão.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: Ponto de situação (14 de setembro)

GNR ‘pesca’ tonelada e meia de droga

Os petiscos da Rota no concelho de Albufeira

(Visited 71 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev