Três detidos em operação de combate ao tráfico internacional de droga

A Polícia Judiciária (PJ) informa ter detido dois homens, de 55 e 65 anos de idade, sobre os quais diz recaírem fortes suspeitas da prática do crime de tráfico ilícito de estupefacientes. Em Espanha, as autoridades locais detiveram um terceiro suspeito.

Em comunicado, a PJ acrescenta que “a detenção dos suspeitos ocorreu no âmbito de uma complexa investigação que se iniciou em 2019, visando um grupo constituído por indivíduos de diversas nacionalidades que atuavam na região do Algarve e Andaluzia, Espanha, na atividade de tráfico de estupefacientes”.

A forte indiciação permitiu a emissão de mandados de detenção e ordens de busca domiciliária em residência, na zona de Quarteira.

No documento refere-se que “face do fenómeno criminoso, da sua transnacionalidade e complexidade a investigação desenvolveu-se no âmbito da cooperação policial internacional entre a Polícia Judiciária Portuguesa, a Guardia Civil e o Serviço de Vigilâncias Aduaneiro de do Reino de Espanha”.

Isso permitiu que “fosse cumprido pelas autoridades policiais de Espanha um mandado de detenção europeu emitido pela Autoridade Judiciária Portuguesa, em nome do suposto líder da organização, sedeada na Andaluzia”.

A detenção deste indivíduo, em território Espanhol, seguirá os trâmites legais do mecanismo de detenção europeia com vista a sua extradição para território nacional.

Além dos três agora detidos, dois em território nacional e um em Espanha, “constam na mesma investigação cinco outros arguidos, que se encontram com medidas de coação privativas da liberdade, nomeadamente, prisão preventiva”.

No âmbito desta investigação, já haviam sido apreendidas duas embarcações de pesca, diversas viaturas,  e 137 fardos de haxixe perfazendo cerca de 5 toneladas.

LEIA TAMBÉM:

Chef de restaurantes de luxo faz refeições para a população carenciada

Pandemia faz disparar pedidos de ajuda

23 ofertas de emprego

(Visited 358 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub