Habitação social é prioridade de Isilda Gomes para o próximo mandato

pub
pub

Teve lugar na noite da passada segunda-feira, 11 de outubro, a cerimónia pública de instalação dos Órgãos Autárquicos do Município de Portimão – 2021/2025, que decorreu no Grande Auditório Nuno Mergulhão do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão.

Perante uma sala cheia, o presidente cessante da Assembleia Municipal de Portimão (AM), João Vieira, deu posse aos eleitos para a Câmara Municipal de Portimão e AM para o próximo quadriénio, a que se seguiu a intervenção de Isilda Gomes, reeleita para um terceiro e último mandato autárquico.

A presidente de Câmara lembrou que “faz por estes dias cerca de oito anos desde que os ‘Novos Rumos’ chegaram a Portimão, um projeto político vencedor na economia, no respeito institucional, na coesão social, no dinamismo cultural, na valorização do ambiente, na promoção do desporto, no apoio à educação, na salvaguarda do património, na proteção civil, na capacidade de resposta dos serviços municipais.”

“Conscientes das dificuldades, confrontados com múltiplos obstáculos, onerados com encargos e contingências difíceis de contornar, construíram-se projetos e obras, tentando fazer mais e melhor, com um contínuo foco nas reais necessidades de cada um dos portimonenses e no cumprimento escrupuloso das metas financeiras que ainda estamos obrigados a respeitar”, afirmou a autarca.

Do seu ponto de vista, “os ‘Novos Rumos’ foram, e são, um tempo de mudança desenhada para um ciclo de 12 anos, e não de quatro, nem de oito, mas consciente que a realidade à nossa volta se altera a cada momento, impondo novos desafios que obrigam a criar novas respostas e prioridades, como fizemos no combate à pandemia”, tendo endereçado a propósito uma referência especial a todos os profissionais de saúde, associações e proteção civil ligados à problemática da Covid-19.

Sobre os “projetos concretos” para os próximos anos, assumiu a habitação como “uma grande prioridade: serão mais de 60 milhões de euros para construção de habitação para venda e arrendamento, nos regimes de venda a custos controlados, arrendamento acessível e arrendamento resolúvel; vamos também recuperar o Bairro do Pontal, que faz parte da nossa história.”

LEIA TAMBÉM:

Onze detidos por burlas informáticas superiores a meio milhão de euros

Seis ofertas de emprego para Câmara algarvia

Veja onde vai estar a PSP com o radar

(Visited 74 times, 1 visits today)
pub
pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

pub