Alte recebe Semana das Artes e Culturas

De 25 de abril a 1 de maio tem lugar a XXVI Semana das Artes e Culturas de Alte, com propostas diferenciadoras e diversificadas que convidam à descoberta desta típica localidade do interior algarvio.

A Semana arranca com o mítico BTT de Alte, que este ano assinala a sua 23ª edição. A prova de Passeio/Maratona, com diferentes níveis de dificuldade, integra, na classe competitiva, a Taça de Portugal de XCM. A prova inclui ainda o 6º Alte Trail/Corrida e uma Caminhada de 13Kms, para quem quiser desfrutar das belas paisagens deste território. Na Fonte Pequena haverá ainda um workshop sobre o pomar de sequeiro, uma tertúlia promovida pelo projeto ASAS sobre paz e liberdade, um mercadinho de artesanato e produtos regionais, um espaço de tasquinhas e a atuação do grupo Moçoilas, Amigos da Figueira e um baile com Valter Cabrita.

No dia 26, a Gala Internacional do Acordeão vai estar em Alte, com um espetáculo que acontece na Casa do Povo. É neste espaço que no dia seguinte tem lugar “Este é o Fado que nos une”, um momento musical com Inês Cruz, Ricardo Martins e a Banda Filarmónica de S. Brás de Alportel.

No dia 28, a proposta é uma experiência criativa (EcoPrint), na Casa do Artesão, e um momento de dinâmica musical tradicional, com tambores portugueses, no centro da aldeia. Um torneio de jogos tradicionais acontece no dia 29, seguindo-se, no auditório da Escola Profissional Cândido Guerreiro, uma conferência sobre a importância desta atividade na cultura algarvia. À noite, na Casa do Povo, o serão com Ecos da Serra irá recordar o 1 de Maio de outrora, festividade celebrada há décadas, de forma muito especial, em Alte.

O dia 30 de abril terá um programa recheado de atividades desportivas e recreativas. Na parte da manhã terá lugar o Passeio Pedestre com Batida Fotográfica, num percurso de 6Km que inclui uma visita às aldeias abandonadas da Soalheira, Rocha Amarela e Picota e a algumas formações geológicas que fazem parte do aspirante a geoparque. Xadrez, rampa de ciclismo e malha na laje são as modalidades em destaque nesta tarde. E ao final do dia, o Pólo Museológico recebe “Ao pé de quatro montes”, um tributo a Cândido Guerreiro, por Afonso Dias, no âmbito das comemorações do 13º aniversário deste equipamento cultural.

O 1º de Maio marca o encerramento deste programa e o ponto alto da Semana. Logo de manhã é inaugurada a escultura da autoria de Maya, no mercado antigo de Alte. Às 11h00, na Fonte Grande, abre a mini-feira de artesanato com produtos regionais e música ambiente. Ana Arsénio, da Associação In Loco, propõe um passeio de interpretação da paisagem do pomar tradicional de sequeiro. A riqueza gastronómica de Alte poderá ser apreciada no almoço servido com petiscos tradicionais, ao som das “Vozes da Memória”, do projeto ASAS.

O evento termina com o Festival de Folclore que tem como anfitrião o Grupo Folclórico de Alte, e um baile com Valter Cabrita.

LEIA TAMBÉM:

Comédia do Boa Esperança vai ‘virar’ filme

Os eventos que pode ver em Lagos

Presidente da Câmara de Lagoa reivindica mais uma Unidade de Saúde Familiar para o concelho

(Visited 56 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub