O cheiro a novo da antiga lota de Portimão

pub

“Cheira a novo”. Esta foi a expressão mais ouvida, na abertura ao público do renovado edifício da antiga lota de Portimão, que, esta manhã, serviu de palco às celebrações do 25 de Abril.

O edifício foi alvo de uma profunda intervenção, que exigiu à Câmara local um investimento de quase um milhão de euros. A cobertura e o chão foram substituídos, todas as paredes reforçadas, mas o imóvel manteve a traça original.

O rés-de-chão passou a ficar dotado de uma ampla sala multifunções, preparada para receber diversos tipos de eventos culturais e recreativos, e nas traseiras do edifício foi criado um espaço devidamente equipado para funcionar como cafetaria. A isto juntam-se algumas outras salas de apoio, quer no piso térreo quer no 1º andar, bem como instalações sanitárias.

Este é um dos imóveis públicos mais antigos de Portimão, tendo sido edificado em 1916 para funcionar como central elétrica. Em 1956 foi inaugurada uma outra central, o que levou a que perdesse essa função.

No entanto, a sua localização privilegiada – está situado junto ao rio Arade e à ponte ‘velha’ que liga os concelhos de Portimão e Lagoa – levou a que passasse a funcionar como a lota da cidade, de que ainda hoje muita gente se recorda.

Os barcos atracavam à sua frente e o pescado era atirado, em canastras, das embarcações para terra, o que se tornou uma das principais imagens de marca da cidade.

Entre o final da década de 1980 e o começo dos anos 90, com a decadência da indústria conserveira e, sobretudo, a mudança do cais e dos estaleiros para a outra margem, a lota acabou por ser desativada e o edifício foi-se degradando, enquanto funcionava apenas como arrecadação dos restaurantes do peixe assado instalados em seu redor que, mais tarde, também dali sairiam, ficando instalados na zona entre pontes.

Durante alguns anos, ainda funcionou, pontualmente, como base de alguns eventos culturais e recreativos, em especial, o Festival da Sardinha, mas era evidente que acabaria por desabar se não fosse alvo de uma intervenção de fundo, a qual foi agora concluída.

LEIA TAMBÉM:

Oferta de emprego para a EMARP

Viagem pelo comércio portimonense com Cândido Glória

Homem morre esfaqueado em Albufeira

(Visited 777 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub