Restos de comida do Festival da Sardinha vão ser transformados em fertilizante

Arrancou, esta quarta-feira, em Portimão, mais uma edição do Festival da Sardinha, que se estende até domingo, com muito peixe, animação e música no menu.

A inauguração contou com a presença da secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho, que destacou as medidas tomadas ao longo dos últimos anos, ao nível da pesca, que permitem garantir que as sardinhas não vão faltar na mesa dos portugueses.

Da parte da Câmara, a acompanhá-la esteve o vice-presidente, Álvaro Bila, que se manifestou satisfeito pelo regresso de um dos eventos mais importantes do verão do país e agradeceu, em especial, a participação que nele têm as coletividades locais.

Este ano, uma das novidades passa pela recolha, por parte da Empresa Municipal de Águas e Resíduos de Portimão (EMARP), dos restos de comida que serão transformados em fertilizante 100% natural.

Para além da sardinha, é a música que, ao longo destes dias, vai levar muitos milhares de pessoas ao recinto do Festival da Sardinha, situado na zona ribeirinha da cidade.

Na noite de abertura, ao palco subiram o portimonense João Leote acompanhado por Marisa Liz. Esta noite, a música fica por conta de David Fonseca e amanhã, sexta-feira, é Bárbara Tinoco que vai assegurar a ‘banda sonora’ do evento.

Os concertos dos últimos dois dias são assegurados pela Wet Bed Gang (sábado) e por David Carreira (domingo).


A beleza natural de João D'Arens



O Paraíso à distância de 300 degraus



As loucas corridas de carrinhos de rolamentos



Águia recuperada volta a voar



Passadiços de Alvor: Caminhar entre a ria e o mar



Recanto 'secreto' de Portimão



Portimão quer construção de nova ponte


LEIA TAMBÉM:

Os grandes eventos que vamos ter no Algarve em agosto

Todos os concertos da FATACIL

Os eventos que vão animar Lagos em agosto

(Visited 158 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub